quinta-feira, 30 de outubro de 2014

ALUNOS DA TOMÉ RUMO À UNIVERSIDADE: PRIMEIRA ALUNA APROVADA NO VESTIBULAR 2015

    Parabenizamos a aluna JAQUELINE FERREIRA, do 3º ano B, pelo sucesso no Vestibular da UNIPÊ (Centro Universitário de João Pessoa- PB). A aluna concorreu à vaga para o curso de DIREITO e obteve sucesso, por isso compartilhamos de sua alegria.
      Esperamos que este seja apenas o começo da história de sucesso das duas turmas do 3º ano do Ensino Médio. A escola vem desenvolvendo ações para aprimorar os conhecimentos dos alunos, através da oferta de reforço durante todo o ano, da  realização de aulões (dois já realizados), do incentivo diário, do estudo das Atualidade, enfim, juntando-se a eles em busca de bons resultados.
       "Pensei que não iria passar, mas consegui e estou muito feliz e animada para prosseguir em meus estudos", afirmou Jaqueline ao ser cumprimentada pelos professores da escola. Que sirva de exemplo para seus colegas.

NOVO RANKING DO CLUBINHO DA MATEMÁTICA

Na turma do 5º ano do Ensino Fundamental, professora Mônica, já foram propostas 13 atividades, somando 1.300 pontos. Confira a classificação dos estudantes.


Nome
PTS
01
JOSE AYRON MARCAL MEDEIROS DE SOUSA
1256
02
CAIO HENRIQUE QUIDUTE NUNES
1247
03
EWERTON LUCAS DE SOUZA NUNES DA SILVA
1243
04
MARIA VITÓRIA RODRIGUES FLORENTINO
1238
05
CARLA SANDRIELY LEITE DE ANDRADE
1226
06
CARLOS RUAN MARCELINO DINIZ
1214
07
ANATHANY SALVADOR SERAFIM DA SILVA
1210
08
ANNE MICAELLE ANTAS DE LIMA
1190
09
HUMBERTO CORDEIRO LOPES FILHO
1185
10
ANA CAROLINA DE MELO FREITAS NUNES
1177
11
RODRIGO CESAR DOS SANTOS SIQUEIRA
1175
12
MARCOS VINÍCIUS CIPRIANO PEREIRA
1172
13
BRENDA LAUANNE SILVA ROLIM
1171
14
NÉLISON TALES FRAZÃO FERREIRA
1168
15
IRAN JOSE NUNES FRANCISCO SOBRINHO
1167
16
ARTUR ANTAS NUNES DA SILVA
1163
17
PEDRO HENRICCO MORENO MEDEIROS
1160
18
MARIA SALETE FERREIRA DA SILVA    
1159
19
JOSE MICKAEL RODRIGUES DE MORAIS
1156
20
MARIA JÚLIA LOPES BEZERRA MELO
1146
21
PAULO NADSON DE SOUZA SANTOS
1137
22
GABRIEL CARLOS DA SILVA
1136
23
PABLO CHRISTIAN LOPES DE SIQUEIRA
1129
24
JOAQUIM ERASMO RODRIGUES JUNIOR
1102
25
GABRIEL BEZERRA R. DE MELO FREITAS
1087
26
MARIA ISABELA CHAVES S. LOPES FERREIRA
1079
27
LEONARDO DOS SANTOS FERREIRA
1077
JEAN PIERRE BERNARDINO DA SILVA
1077
28
ARIELE EMILY DE MEDEIROS LEITE
1073
29
JOÃO MIGUEL CORDEIRO BEZERRA
1070
30
MARIA CLARA DOMINGOS NUNES
1066
31
ANA ESTER PEREIRA MEDEIROS SANTOS
1064
32
MARIA EMILY DE ANDRADE SILVA
1050
33
WESLEY NOGUEIRA SANTOS
996
34
EVERTON FLORENTINO DE ARAUJO
969
35
EMANUELE BEZERRA DE PAIVA
959
36
VANESSA FERREIRA DA LUZ
921

OBS: os estudantes que não constam na lista estão com pendências de notas.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

VEM AÍ: INOVAÇÃO PEDAGÓGICA NO PROJETO LITERARTE.


                                Os alunos do ensino Médio geralmente apresentam certa rejeição à leitura dos clássicos ou lêem apenas por imposição dos programas dos vestibulares. Têm pouco conhecimento da Arte, principalmente a clientela atendida pela ESCOLA TOMÉ FRANCISCO DA SILVA  por residirem em zona rural e pequenos centros urbanos, onde não há museus, teatros ou eventos artísticos e literários.
       O Projeto Literarte, tem como principal objetivo levar os alunos a perceber as várias possibilidades de manifestação da linguagem através da leitura de imagens contidas nas obras de  grandes artistas e da leitura de clássicos da Literatura Brasileira, articulando as diferenças e semelhanças entre seus códigos e aprofundando-se nos estilos que  marcaram épocas na Literatura Brasileira.

     Durante todo o ano letivo são realizadas várias atividades para atingir o objetivo proposto. Nesta sexta-feira, 31 de outubro, às 14 horas,uma inovação pedagógica será inclusa nesse programação: UM SARAU LITERÁRIO COM OS ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO.

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM COMO FOCO NA REUNIÃO DE PAIS.

                     O papel dos pais deve ser acompanhar e motivar seu filho, mostrando que o aprendizado tem um sentido e significado para além da prova.


                   Nesta terça-feira, 28 de outubro, os pais do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio participaram de uma reunião a partir das 14 horas.  A pauta foi dividida em dois momentos. O primeiro deles ficou por conta da equipe gestora que em assembleia geral, na quadra, tratou das ações do Projeto Político pedagógico e da orientação sobre o término do ano letivo. O segundo momento foi coordenado pelos professores nas salas de aula, os quais trabalharam com o panfleto organizado com informações do portal Educar para Crescer : especialistas entrevistados apresentam uma fórmula infalível para fazer com que o período de provas seja tranquilo e até prazeroso. A principal recomendação para os pais é garantir que seus filhos estudem um pouco a cada dia, desde o começo do ano, de forma organizada e contando com seu acompanhamento. Algo que, se não está sendo feito, deve ser iniciado  imediatamente.

          Outro ponto importante da reunião foi à entrega de boletins e a análise da situação dos alunos que se encontram em situação crítica, ameaçado de reprovação. A conversa com os educadores de cada disciplina no plantão pedagógico ajudou os pais a apoiarem seus filhos durante o quarto bimestre. Todos ressaltaram que o estudo contínuo deixa a aprendizagem mais fácil, amplia a confiança do estudante para os momentos de avaliação e, assim, ajudam a tornar a escola algo prazeroso. A reunião contou com 95% da presença dos pais.



sexta-feira, 24 de outubro de 2014

2º AULÃO PREPARATÓRIO PARA AS AVALIAÇÕES EXTERNAS: SAEPE - ENEM E VESTIBULARES 2014

Tradução de aprendizagem, interesse, integração, envolvimento, interação, superação, compromisso e responsabilidade.

 Aconteceu na última quarta-feira, dia 22 de outubro do ano em curso o 2º Aulão 2014 da Escola Tomé Francisco da Silva, para as turmas: 9º Ano do Ensino Fundamental e 3º Ano do Ensino Médio.
Estes aulões são pensados e estruturados no sentido de oportunizar aos alunos um ambiente de aprendizagem mais significativo, rico, atraente e diversificado, onde o conhecimento seja disseminado na interação constante entre professores e estudantes.
 Os alunos, professores, Gestão e Coordenação ficaram muito satisfeitos com o resultado do mesmo, pois todos os objetivos foram alcançados satisfatoriamente.
É gratificante perceber o interesse e a participação dos alunos nestes momentos e o empenho com que os professores e os outros setores da escola organizam estes eventos. Com certeza esta é uma escola onde todas as ações são direcionadas para a aprendizagem e o sucesso de todos os alunos.

Todos estão de  parabéns!!

RODA DE PIADAS PARA DIVERTIR E ENSINAR EFEITO DE HUMOR AS CRIANÇAS DO 5º ANO.

                 Na quarta-feira, 22 de outubro, as 40 crianças do 5º ano da professora Mônica participaram de uma roda de piadas organizada com o objetivo de desenvolver a habilidade dos estudantes reconhecerem, identificarem o efeito de humor nesse tipo texto. Cada um recebeu de presente um livro de piadas para ler e ensaiar em casa. O suporte apresenta pequenas piadas, de contexto e linguagem familiares aos estudantes nesse período de escolarização.
           Na roda de piadas, as crianças receberam uma plaquinha com 02 expressões faciais: de um lado: alegria; do outro: tristeza. A tarefa do aluno é fazer uma escuta atenta da piada e se reconhecer o efeito de humor presente, após a gargalhada, levantar a plaquinha sorrindo. Caso contrário, a plaquinha que será levantada vai ser de choro e a tarefa do contador de piada vai ser tentar explicar onde está a graça da sua leitura. Para a professora Mônica, o gênero piada é bastante adequado para avaliar essa habilidade, pois apresenta uma pequena narrativa, com uma quebra de expectativa ao final, ou seja, um final inesperado que pode levar o leitor e ou o interlocutor ao riso.

       As crianças desenvolveram a habilidade de identificar o efeito de humor em um texto de forma lúdica, pois a roda de piadas tornou-se para elas, uma verdadeira diversão. A atividade fez parte da sequência didática do trabalho com textos humorísticos.




ESPAÇOS QUE COMUNICAM

       A imagem da escola vai muito além de investir na infraestrutura física, a comunicação interna e externamente refletem informações sobre o seu PPP.

                 É certo que instalações bonitas e agradáveis fazem com que alunos, professores e funcionários se sintam acolhidos e respeitados e, com isso, produzam mais e melhor. Mas, a aparência, isolada, não basta. Ou seja, a infraestrutura é uma parte da questão. “ Imagem é aquilo que os outros enxergam numa instituição, é sua identidade, construída com base em valores e ações cotidianas”, diz Agnelson Correali, consultor de recursos humanos, em São Paulo.
           A equipe gestora da Escola Tomé Francisco da Silva entendeu o seu recado e investe em diversas formas de comunicação interna e externamente para melhorar sua imagem. Nessa instituição, os cadernos dos alunos, os murais, as paredes e os muros refletem informações sobre os projetos pedagógicos e a organização escolar. Nada de arrumar a escola no início do ano para ficar do mesmo jeito os 200 dias letivos. É preciso exercitar o olhar, comunicar mensagens diversas, valorizar datas comemorativas, divulgar trabalhos, ou seja, na Tomé “o espaço troca de roupa de acordo com cada ocasião”. Para Ivan, essa é uma eficiente forma de comunicação e valorização dos profissionais da Tomé, uma vaidade da qual não abrimos mão.