segunda-feira, 25 de abril de 2016

Estudantes da Tomé participam do PREVUPE 2016.

O Instituto de Apoio à Universidade de Pernambuco - IAUPE em parceria com a Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco – SEE e com a Associação das Instituições de Ensino Superior de Pernambuco - ASSIESPE, promovem o Projeto "Pré-Vestibular da Universidade de Pernambuco - PREVUPE/2016".
O projeto objetiva reforçar e ampliar os conhecimentos dos alunos das escolas da rede pública de ensino e egressos que pretendam concorrer às vagas dos programas de graduação, cursos técnicos e tecnológicos, através do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, vestibulares ou de outros processos seletivos.
31 alunos da Escola Tomé Francisco da Silva estão se deslocando a Serra Talhada para participarem do cursinho na Escola Cônego Torres. Av. Afonso Magalhães, s/n, São Cristóvão. As aulas ocorrerão de abril a novembro, sendo aos sábados em horário integral (manhã 08h às 12h e a tarde 13h às 17h) e aos domingos em turno parcial (manhã 08h às 12h).

A equipe gestora, professores e coordenadores desejam muito sucesso aos concluintes 2016 e compartilham da alegria de vê-los motivados a aprender.


LANÇAMENTO DO CLUBINHO DA MATEMÁTICA 2016.

Uma segunda-feira diferente para os 39 estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental. No dia 25 de maio é lançado o CLUBINHO DA MATEMÁTICA 2016. A empolgação foi contageante, pois as crianças mostraram-se motivadas para participarem da competição, que tem como objetivo incentivá-las a fazerem algumas atividades extraclasses: individual, em grupos e em dupla para sistematizar a Matriz de Referência específica de Matemática para a realização da avaliação em larga escala do SAEPE. A ideia é envolver todos os professores da escola que se comprometeram em elaborar atividades desafiadoras, corrigi-las e atribuir à nota.
A educadora de apoio Josilene Quidute explicou todos os critérios para participação no Clubinho e entregou as orientações e a pasta de cada aluno, já com uma atividade proposta pela professora da sala Mônica Lima Fernandes. Em seguida, uma atividade de grande aceitação pelos alunos: um bingo envolvendo sólidos geométricos, uma boa ideia para iniciar uma maratona de atividades diversificadas durante o ano letivo.
Cada aluno terá a sua cartela para colocar as suas medalhas em adesivos, acumular pontos e concorrer a vários prêmios. As medalhas de ouro, prata ou bronze serão atribuídas de acordo com as notas das 20 atividades 





sexta-feira, 22 de abril de 2016

CARTA VENCEDORA NO 45º CONCURSO INTERNACIONAL DE CARTAS /UPU POSTAL – CORREIOS – 2016.

Prezada Eu do Futuro,
Venho através desta, procurar entender particularidades do meu futuro, ou será demais adequado dizer do seu futuro? Creio que com o desenrolar dos anos,entenderei mais sobre mim mesma, há muito a questionar e só você,         minha Eu do Futuro, e Deus poderão responder todas as minhas indagações. Sei que meu futuro depende das minhas escolhas, das metas traçadas, do meu positivismo, da minha vontade de vencer e crescer, mesmo sabendo que o dia de amanhã será escuro, não me falta e nem me faltará fé.
Penso... Penso muitíssimo. Pois o pensamento é o encantamento da nossa inteligência mediante a nossa   linguagem,   é   algo   que   disciplina,   que   investiga, analisa,   discute,   forma   e   reflete   ideias   sobre   a   nossa   situação.   Há muito a questionar, será que o futuro só depende do presente?
O futuro é algo retórico, não há como desvendar se não vivê-lo. Talvez como   passar   dos   anos   as   mudanças   serão   feitas,   corruptos   poderão   ser   presos, doenças serão erradicadas, a violência acabará e a paz reinará. Mas ainda há um assunto intrigante, a crise  hídrica.   Será que ainda haverá água? Será que nós morreremos pela falta dela? Isto é preocupante, será uma batalha travada entre os seres humanos, chegará a hora onde não bastará apenas   querê-la,   mas   sim consegui-la.
São tantas dúvidas que precisam ser esclarecidas, futuramente espero que o ser humano esteja diante de um mundo melhor, pois na minha caminhada até aqui, percebi que ele é inteligente, mas que não se conscientiza das consequências das suas próprias ações.
E o amor? Será que prevalecerá o amor? Será que as pessoas ainda se amarão incondicionalmente? Será que nós nos amaremos como pessoas e não mais como irmãos? Haverá ainda a doação de amor espontâneo? E as religiões? Deverão ser aceitas, independente de qual for, não haverá mais briga e ignorância, seremos aceitos socialmente, isto será decretado. Ainda  haverão guerras? Espero que não! Já  chega de  tanta violência e sangue derramado.
E eu, como serei? Espero que tenha conseguido meus almejados sonhos, e como diria Augusto Cury: “Os sonhos não determinam o lugar em que você vai estar, mas produzem  a força  necessária para  tirá-lo do lugar em que está.”  Mas  que continue sendo feliz, que viva, viva bem e intensamente como se cada dia fosse o último. Mas será que deixarei a minha marca no mundo? As pessoas lembrarão de mim? Será que irei fazer a diferença?
          Não sou do tipo de pessoa que diz que tanto faz. Acredito no amor e na amizade, que eles serão intensificados e terão alicerce e a solidariedade será o ponto de partida das boas ações. O que você me diz? Será que alcançarei os meus objetivos? Sei que irei fazer a minha parte como cidadã e não deixarei de lutar por um  mundo melhor e mais justo.
Tomara que ao invés de doses de desafeto, todos tomem doses de amor daquelas bem caprichadas que embriagam o coração. E a vida? Ah... Ela continuará sendo o bem mais precioso que nos foi dado, onde expressões como “tarde demais” e “eu não consigo” não fará mais parte dela.
E Deus? Este amor sim merece ser cultivado! Continuará sendo o nosso amor maior, o criador, o belo, o princípio, o divino! Não encontro palavras para descrevê-lo.
Enfim, o futuro é sempre incerto, tudo é momentâneo, é uma passagem, onde o tempo não nos permite analisar; depois não tem mais jeito. É um jogo sem prorrogação. É a vida aos quarenta e cinco anos...
Um abraço,
Luiza Ferreira Leite (nome fictício).

Endereço do remetente: Cidade dos Sonhos – PB; Avenida Saudade, nº 7

Endereço do destinatário: Alegrianópolis; Bairro Feliz; Rua do amor, nº 30


BIBLIOTECA REALIZA PROGRAMAÇÃO EM COMEMORAÇÃO AO DIA DO LIVRO

O dia nacional do livro infanto-juvenil é comemorado em 18 de abril, porque nesse dia nasceu o criador da literatura infantil no Brasil, Monteiro Lobato. Nascido em Taubaté, estado de São Paulo, no dia 18 de abril de 1882, Monteiro Lobato transformou-se em “gás inteligente” — definição bem-humorada que costumava dar à morte — no dia 04 de julho de 1948. Durante seus 66 anos de vida contribuiu intensamente para a literatura brasileira, transformando-se em referência no assunto.

Para celebrar o dia da literatura infanto juvenil, a Biblioteca da Escola Tomé Francisco preparou uma programação para as turmas do Ensino Fundamental I ( 3º ao 5º ano) que vai acontecer do dia 22 ao dia 25/04. As bibliotecárias Ana Maria e Girlene Nunes organizaram o cenário (ornamentação da biblioteca), selecionaram filmes e livros de literatura de Monteiro Lobato. Cada turma tem o prazer de passar um dia na biblioteca, apenas com atividades de leitura. O maior objetivo é incentivar as crianças a ler por prazer.




Vencedores da II edição do concurso Água: Juntos Vamos Preservar – Fase escolar.

Em 22 de março é comemorado o Dia Mundial da Água. Para celebrar a data, a Secretaria Estadual de Educação (SEE) em parceria com o Shopping RioMar e com a Compesa realiza a segunda edição do concurso “Água: Juntos Vamos Preservar - Ano II”, destinado aos estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio das escolas públicas estaduais. 
O objetivo do concurso é estimular as boas práticas e apresentar as propostas dos estudantes sobre o uso sustentável e racional da água em Pernambuco.
Na escola Tomé Francisco da Silva, na fase escolar, foram selecionados trabalhos nas 03 categorias: desenho ( Ensino Fundamental I), Vídeo ( Ensino Fundamental II) e Projeto ( Ensino Médio). Os trabalhos foram orientados pelos professores e coordenados pela educadora de apoio Josilene Quidute. A etapa estadual vai de 25 de abril a 06 de maio, onde uma comissão julgadora da Secretaria irá escolher o vencedor de cada categoria.

VENCEDORES – FASE ESCOLAR:

 CATEGORIA DESENHO

3º Ano
PROFESSORA: Adriana Medeiros dos Santos
Cauê Lacerda Lemos
Laura Gonçalves da Silva
Matheus Vinícius Quidute Nunes

4º Ano “A”
PROFESSORA: Silene Carlos de Oliveira Paiva
Anne Nicolle Bernardino Nunes
Bruno Duarte Paes Leme

4º Ano “B”
Layane Andrade Marcones
Thaís Cavalcante Rodrigues

5º Ano
PROFESSORA: Mônica Lima Fernandes
Francisco Ricardo Nunes Filho
Nícollas Ryan Ferreira de Lima


CATEGORIA VÍDEO

7º Ano
PROFESSORA: Danúbia Rego dos Santos
Ana Cecília de Medeiros Silva
José Ayron Marçal Medeiros de Sousa

CATEGORIA PROJETO
3º Ano
PROFESSORES: Maria do Bom Conselho Nunes Fernandes
Emanuely Nunes Medeiros
Laysla Mikelly Marçal Nunes
Maria sara Andrade Andrade Nunes

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Inscrições abertas para a Olimpíada Brasileira de Física nas Escolas Públicas

As inscrições seguem até o dia 27 de maio e as provas acontecem nos meses de agosto e outubro





Promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), através do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Olimpíada Brasileira de Física nas Escolas Púbicas (OBFEP) é uma competição voltada para estudantes do 9º ano do ensino fundamental e ensino médio de escolas públicas. As inscrições seguem até o dia 27 de maio e podem ser feitas, exclusivamente, no site:www.obfep.org.br.
A Olimpíada será dividida em duas etapas e as provas serão realizadas nos meses de agosto e outubro. Para a primeira fase cada escola indicará, no momento da inscrição, apenas o número total de seus alunos que efetivamente farão a prova em cada ano/sério. Vale ressaltar que não serão aceitas inscrições individuais por aluno. Participarão da segunda fase os estudantes que atingirem a nota mínima definida pela comissão da OBFEP. É importante ter atenção na hora do credenciamento, pois os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) dos anos do 2º segmento fundamental deverão ser informados como do 9º ano e os do ensino médio como da 1ª série.

As provas da primeira fase conterão questões de múltipla escolha e serão realizadas no dia 11 de agosto, na própria escola, com duração de 3 horas, e poderá ser feita em todos os turnos da instituição. Já as provas da segunda fase serão de questões teóricas e experimentais e serão realizadas no dia 18 de outubro, na própria escola, com duração de 4h e só poderão ser aplicadas em um dos turnos da escola. O professor responsável pela OBFEP na escola deverá encaminhar pelos Correios, para a Coordenação Estadual, os cadernos de resolução das provas da segunda fase até o dia 20 de outubro.

confira na pagina da SEDUC

terça-feira, 12 de abril de 2016

ATENÇÃO PARA O PERÍODO DE PROVAS DO I BIMESTRE: DE 12 A 22 DE ABRIL DE 2016.

O papel dos pais deve ser acompanhar e motivar seu filho para realização dos exames.

O final do I bimestre chegou e com ele o período de provas bimestrais. A partir de quinta-feira, 12/04 até 22 de abril, as avaliações estão agendadas para os estudantes do Ensino Fundamental II e Ensino Médio. A equipe pedagógica da escola organizou o horário de modo que a turma tenha tempo de se preparar e realizar as avaliações com tranquilidade.
Romualdo Luiz Portela de Oliveira, professor do Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (Feusp), acredita que, quando tecnicamente bem realizados, os exames são uma referência importante sobre a situação do aprendizado: "Eles permitem identificar fortalezas e debilidades, além de analisar a dinâmica do sistema de ensino”.
 A direção, coordenação e professores da Tomé destacam a importância da participação dos pais neste processo. “Convidamos os pais para envolver-se, acompanhar e motivar seu filho, mostrando que o aprendizado tem um sentido e significado para além da prova, pois o conhecimento adquirido na escola servirá para os desafios pessoais e profissionais da vida", afirma a educadora de apoio Josilene.


Alunos do Ensino Médio participam de Oficina de Elaboração de Projeto: Concurso “ÁGUA: JUNTOS VAMOS PRESERVAR.

O Concurso “ÁGUA: JUNTOS VAMOS PRESERVAR – ANO 2” é uma promoção da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, da COMPESA e do Shopping RioMar Recife, e tem por objetivo expor as reflexões, estimular as boas práticas e apresentar as propostas dos estudantes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio sobre o uso sustentável e racional da água no estado de Pernambuco. Este concurso abordará as seguintes temáticas: a. Uso correto e racional da água potável e sua distribuição nas cidades; b. Conservação e proteção de mananciais para produção de água; c. Educação ambiental para sustentabilidade no uso da água; d. Mudanças climáticas e enfrentamento da escassez da água.
No Ensino Médio, os alunos deverão produzir projetos exitosos sobre a temática do Concurso, adotando uma perspectiva reflexiva e preventiva; Os projetos deverão conter: título, índice, identificação (nome da escola, do professor orientador, dos alunos participantes, da turma), objetivos, descrição, metodologia, desenvolvimento, imagens ilustrativas e resultados obtidos, anexos (se for caso), integrando diferentes conteúdos curriculares em uma perspectiva interdisciplinar.
Com o objetivo de orientar os estudantes interessados em participar desse concurso, a educadora de apoio Josilene Quidute e o gestor Ivan Nunes, promoveram, nesta terça-feira, 12/04, no período da manhã, uma Oficina de Elaboração de Projetos, visando explicar cada etapa exigida, conforme o regulamento. Além da explicação, os estudantes tiveram acesso a um projeto elaborado pela educadora de apoio. “A intenção é mostrar na prática como elaborar o projeto e colocar os alunos em contato com a linguagem científica m adequação”.

O processo de seleção dos trabalhos ocorrerá em 2 (duas) etapas: nas Escolas e na Comissão de Seleção.  A equipe pedagógica da escola e as professoras de biologia Danúbia Rêgo e Maria do Bom Conselho Fernandes selecionarão os 10 melhores projetos da escola até o dia 22/04. Na etapa estadual, serão selecionados 03 projetos que serão premiados em solenidade no Shopping RioMar Recife. 




segunda-feira, 11 de abril de 2016

ALUNA DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO VENCE ETAPA ESTADUAL DO CONCURSO INTERNACIONAL DE CARTAS

“O futuro é algo retórico, não há como desvendá-lo, se não vivê-lo”. Com esta frase filosófica, a aluna Josiele definiu o que para ela é um mistério, mas para o destinatário da sua carta (ela mesma, aos 45 anos) não é.  

Com uma carta singela, emocionante e, ao mesmo tempo, visionária, a estudante MARIA JOSIELE FERREIRA DA SILVA, do 1º ano B, ganhou o 1º LUGAR NA ETAPA ESTADUAL do 45º CONCURSO INTERNACIONAL DE CARTAS- UPU POSTAL - CORREIOS/2016, classificando-se para a FASE NACIONAL, na qual representará o estado de PERNAMBUCO. Aluna da professora de Língua Portuguesa, Maria do Socorro Souza, Josiele conseguiu compreender a essência da proposta de redação: “ESCREVA UMA CARTA A VOCÊ MESMO AOS 45 ANOS” E escreveu realmente com competência e com o coração,  o que ela imaginou que será o futuro daqui a 31 anos (a aluna tem 14 anos).
A carta a ser escrita era do gênero textual Carta argumentativa e o candidato poderia ter uma visão holística da realidade ou mais introspectiva. Josiele conseguiu fazer as duas coisas, com simplicidade, clareza e elegância.
Participaram da disputa na escola, alunos e alunas do 7º ano do Ensino Fundamental ao 1º ano do Ensino Médio, pois o concurso exige a faixa etária até 15 anos. A proposta foi minuciosamente analisada pela coordenação e professores de Língua portuguesa e foi preparada uma sequência didática especial para trabalhar o tema da redação. A sequência contemplou os eixos ORALIDADE, LEITURA e ESCRITA, além de valorizar múltiplas linguagens, como a expressão plástica. Uma dinâmica realizada com utilização de espelhos,  permitiu aos alunos se verem (ou se imaginarem) com 45 anos; em seguida eles desenharam um autorretrato com a referida idade. A atividade permitiu que os alunos  refletissem sobre a sua trajetória futura, abrindo possibilidades de escrita de um texto que pareceu inicialmente bastante complexo. O estudo do gênero textual Carta argumentativa proporcionou aos alunos o domínio do gênero e levou-os a ver na carta, gênero pouco utilizado na era da tecnologia, um gênero capaz de instigar a criatividade, a curiosidade, proporcionar a criação e dialogar de perto com o estilo literário.
Assim pode ser finalmente definida a carta de Josiele, “uma carta que tem o corpo  de carta, mas a alma de crônica literária;  seu estilo reflexivo faz o leitor refletir sobre o futuro da humanidade e a importância das relações humanas", comenta a Diretora adjunta da escola, Rosineide Alves, que auxiliou os professores no planejamento da sequência didática.
A aluna receberá o prêmio de R$ 1.000,00 (mil reais). A escola também será premiada com R$ 2.000,00. O objetivo do 45º Concurso Internacional de Redação de Cartas é melhorar a alfabetização através da arte epistolar. O concurso anual incentiva as crianças e adolescentes a expressarem a criatividade deles e melhorar seus conhecimentos linguísticos.
A ESCOLA TOMÉ FRANCISCO incentiva sempre a participação de seus alunos em concursos, com o objetivo de melhorar o letramento, incentivar ações cidadãs e melhorar o desempenho escolar. Não são apenas os alunos premiados que saem ganhando, mas todos que escreveram suas carta, pois desenvolverem habilidades de domínio discursivo e linguístico.
PARABÉNS, JOSIELE! PARABÉNS TODOS OS ALUNOS PARTICIPANTES! PARABÉNS AOS PROFESSORES QUE TÃO BEM DESENVOLVERAM A SEQUÊNCIA DIDÁTICA.
PARABÉNS, ESCOLA TOMÉ FRANCISCO, PELA 4ª VEZ PREMIADA NO CONCURSO INTERNACIONAL DE CARTAS.